top of page
  • Foto do escritorSeguir Viagem

Teresópolis, cidade de Teresa!


Teresópolis é conhecida como a “Cidade de Teresa”.

Mas você deve está se perguntando: Qual Teresa?

Não errou quem respondeu Teresa Cristina “Mãe dos Brasileiros”, Rainha do Imperador Dom Pedro II, mãe das Princesas Isabel e Leopoldina.

A cidade onde a família imperial visitava e passava suas férias descansando, em meio a exuberantes belezas naturais e clima serrano extremamente ameno.

Teresa se tornou peça fundamental para o processo de desenvolvimento da cultura brasileira, se encantando por esse paraíso na Serra Fluminense.


Com uma grande quantidade de áreas verdes, Terê [como é conhecida] está localizada no topo da Serra dos Órgãos, cercada de lindas paisagens naturais como rios, cascatas e ainda uma riquíssima flora e fauna, sendo muitas espécies da Mata Atlântica [considerado o bioma mais ricos do planeta].

Teresópolis atrai cada vez mais, milhares de visitantes que, como a família imperial, se encantam com o clima privilegiado, exuberante paisagem, além dos majestosos atrativos naturais e culturais.

Bora conhecer...?


O que fazer em Teresópolis...


1. Casa da Memória Arthur Dalmasso

Sobre os escombros da primeira Agência dos Correios, ergueu-se um belíssimo casarão com mistura de vários estilos arquitetônicos.

Construída como um presente do prefeito Sr. José Lino Leite, a sua esposa, o local foi batizado de Villa Cecília tendo sua construção terminada em 1924.

Nos dias atuais funciona como sede do Serviço de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural do município, com acervo de inúmeras fotos de época, livros/quadros/moedas que contam a história da cidade.


2. Cascata do Imbui

Esse grande platô rochoso destaca três pequenas piscinas naturais, originadas do Rio Paquequer.

A cascata com altura aproximada de 20 metros de queda, possui águas turvas e bem frias, aumentando seu volume na época das chuvas.

A paisagem de grande importância histórica, é citada em trechos do livro “O Guarani” de José de Alencar. [Já leu? Nos conte o que achou da descrição.]


3. Lago/Granja Comary | CBF

Criado na década de 30, quando cursos d’agua naturais foram represados no local.

Aos amantes do futebol, esse é um destino certo.

A Granja Comary surgiu da vontade do empresário Carlos Guinle em transformar parte da floresta nativa em uma fazenda-modelo. Não se iluda que você poderá dar um mergulho neste lago de 106 mil m², mas durante a visita você poderá se encantar observando ao fundo a Serra dos Órgãos.

A Granja Comary foi comprada pela Confederação Brasileira de Futebol em 1978, do então proprietário Renato Aragão. Sim, ele mesmo! O Didi era dono da área onde hoje se concentra a seleção.

Sendo período de treino ou concentração, você pode ver os craques da seleção brasileira treinando, já imaginou?


4. Mirante do Soberbo

Ponto turístico maravilhoso e obrigatório, uma das vistas mais incríveis da Serra Fluminense, localizado logo ali na entrada de Terê, pertinho da estátua da imperatriz Teresa Cristina “Mãe dos Brasileiros”.

A vista do mirante te deixará sem fôlego, para a fabulosa montanha Dedo de Deus!

Formação rochosa deslumbrante, de mais de 1.600 metros de altura podendo ser vista do Mirante, ou pelo parque com uma visão ainda mais próxima.


5. Parque Nacional da Serra dos Órgãos

O município de Teresópolis conta com grandes unidades de conservação em seu território, dentre elas o destaque fica para o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, com 20.024 hectares protegidos nos municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim.

Sendo uma Unidade de Conservação Federal de Proteção Integral, criada em 30 de novembro de 1939, o PARNASO é o terceiro parque mais antigo do país. Um dos melhores locais para prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada, rapel; além claro, de suas fantásticas cachoeiras.

O Parnaso possui a maior rede de trilhas brasileiras são mais de 200 quilômetros, com todos os níveis de dificuldade: desde a trilha suspensa, acessível inclusive para cadeirantes, até a pesada Travessia Petrópolis-Teresópolis, com 30 Km de subidas e descidas pela parte alta das montanhas; destacando o majestoso Dedo de Deus, considerado o marco inicial da escalada no país.

Sua experiência nesse paraíso será em meio 2.800 espécies de plantas, 462 espécies de aves, 105 de mamíferos, 103 de anfíbios e 83 de répteis, incluindo 130 animais ameaçados de extinção, de acordo com o ICMBio.

A entrada principal do Parque fica na área urbana na Avenida Rotariana s/nº, com acesso bem sinalizado.

O ingresso para as sedes do PARNASO passou a ser gratuito, respeitando-se a lotação diária [Até 700 pessoas/dia. | Estacionamento: Até 150 veículos/dia].

Para acesso ao parque você precisa apresentar CPF acompanhado de documento com foto - RG, CNH ou passaporte.

Permitida entrada com alimentos e bebidas não alcoólicas.

NÃO é permitida a entrada de animais de estimação.


6. Vila St. Gallen

Turismo cervejeiro você terá também! A Vila St. Gallen é um lugar lindo e rende aquelas selfies perfeitas pra atualizar seu feed. Além claro de beber cerveja artesanal, podendo ainda fazer o tour cervejeiro para conhecer a produção e a fábrica. Seu funcionamento é de quarta a sábado, das 12h às 22h, e domingo, das 12h às 18h.


Como Chegar...


Localizada no topo da Serra dos Órgãos na região central do Estado do Rio, conhecida como Serra Verde Imperial, Teresópolis fica a 94km da capital carioca, e o principal acesso é através da BR-116, passando por Guapimirim. Fazendo fronteira com os municípios de Petrópolis (acesso pela BR-495) e Nova Friburgo (acesso pela RJ-130).


01. Aeroporto

Aeroporto Internacional do Galeão - 90km

Aeroporto Santos Dumont - 98km


02. Ônibus

Rio de Janeiro - 94km

São Paulo - 490km

Brasília - 1115km


03. Carro

Optamos ir de carro [como sempre]...

Se aproprie e pesquise sobre as estradas e suas condições para evitar perrengues pelo caminho, principalmente neblinas intensas e congestionamentos [quando acontece acidentes, a espera parado na rodovia será certeira].


Agora, Prestenção!

1- Se você está procurando uma expedição com muita beleza natural, clima serrano e paz interiorana, certamente você vai curtir esse rolê em Teresópolis.

2- Um dos melhores locais para prática de esportes de montanha [ecoturismo] não se engane achando que a cidade só tem isso a oferecer. Possui um centro histórico incrível, com profundas raízes coloniais, sendo um destino perfeito para quem quer descansar, e claro viver um pouco de aventura.

3- Nos meses de junho e julho são considerados alta temporada, justamente porque é o friozinho da cidade que as pessoas procuram. As temperaturas costumam variar entre 10 e 28 graus. Em certos casos podem chegar a 5 ou 6 graus.

4- Leve repelente e protetor solar! Mesmo em meio dias nublados é necessário se proteger.

5- Use óculos de sol, boné/chapéu e roupas leves e confortáveis principalmente se for fazer trilha.

6- Na trilha, a água jamais deve ser esquecida, sendo sua melhor amiga!

7- Garanta que o celular esteja carregado para registrar seus momentos ímpares nas travessias e claro usando em momentos de emergência.

8- Mapa não é artigo obsoleto, ok? Sendo ainda a melhor forma de se localizar e curtir sem nenhuma preocupação em ficar perdido.


Programe e agende seus passeios com a Get Your Guide!


Está precisando de alguns motivos a mais para conhecer a serra fluminense e viver toda essa natureza?

Deu aquela vontade louca de encarar essa aventura?

Se tiver alguma dúvida, comente aqui para que possamos te ajudar!

E bora rumo a esse santuário natural! Boa viagem e até a volta!


Aproveita e segue a gente lá no Instagram! Ah, e se inscreve em nosso canal do Youtube também! ;-)


E você, já conhece algum desses destinos? Ou mora em algum deles?

Qual está na lista para conhecer? Conta pra gente! Valeeuuuu!!!

26 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page