top of page
  • Foto do escritorSeguir Viagem

Locais Mais Visitados no Paraná, em 2022!


O Paraná é um estado no sul do Brasil que alberga as Cataratas do Iguaçu, com centenas de cascatas que se estendem ao longo da fronteira com a Argentina. Em torno das cataratas encontra-se o Parque Nacional do Iguaçu, uma floresta subtropical com diversas espécies selvagens, enquanto no norte se encontra a enorme barragem de Itaipu. Mais para o centro do estado, encontra-se a cidade de Ponta Grossa, que abriga as lindas formações de arenito de Vila Velha. Alguns quilômetros ao leste, perto das praias atlânticas de Guaratuba e do grande porto de Paranaguá, fica a frondosa capital do estado, Curitiba.


Então, bora conhecer os 8 locais mais visitados no Paraná em 2022, de acordo com a Secretaria de Turismo do Paraná!


8) PARQUE ESTADUAL VILA VELHA

Iniciando nossa lista, em lugar, com 71.137 visitantes, O Parque Vila Velha, famoso pelas formações rochosas de arenito, foi o primeiro Parque Estadual criado no Paraná, em 1953. Em 1966 foi tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico do Estado.


O parque possui em seus 3.122,11 hectares diversos atrativos naturais. O percurso de visitação inclui três lugares bem distintos: Os Arenitos, as Furnas e a Lagoa Dourada.

Além das atrações principais, o parque Vila Velha é rico na flora e na fauna. Com sorte você pode encontrar espécies ameaçadas de extinção como o bugio-ruivo, tamanduá-bandeira, o lobo-guará, jaguatirica, onça-parda, veado-campeiro, entre outros.

A principal atração do parque, são os arenitos que foram esculpidos naturalmente com o tempo, pelas chuvas e os ventos revelando diversas formas numa área de extensão de 1100 metros.

A Trilha é totalmente pavimentada e auto guiada, tem extensão de 2670 metros, se feita por completo dando a volta no complexo de arenitos. O grau de dificuldade é leve e há a possibilidade de fazer somente meio percurso (até a Pedra da Taça) e retornar de ônibus.

Durante o percurso o visitante poderá observar as inúmeras formações rochosas areníticas, muitas delas associadas a figuras que vem à imaginação, como a Pedra da Taça, do Camelo, Cara de Índio, Proa do Navio, entre tantas outras.

Há transporte de ônibus tipo jardineira partindo do centro de visitantes até o início da trilha, como também outras duas paradas em outros pontos para quem não quiser fazer a caminhada completa.

As furnas do Parque Vila Velha, são enormes buracos resultados de desabamentos em falhas areníticas. Há duas furnas no local, uma delas de formato mais cilíndrico e outra maior e de formato mais irregular. Ambas, tem em torno de 100 metros de profundidade, dos quais, 50 metros são inundados com água.

A Trilha das Furnas é auto guiada, tem extensão de 500 metros em formato circular, grau de dificuldade leve, e dá acesso ao mirante e às Furnas 1 e 2. O tempo previsto de percurso é de 1 hora.

No local há também opção de tirolesa (passa por cima de uma furna) e arvorismo. O ingresso para estas atrações é a parte.

Fica a 6,5 km do centro de visitantes e o transporte é feito com o ônibus interno do parque.

A Lagoa Dourada tem em torno de 150 metros de diâmetro e apresenta uma transparência incrível, o que possibilita a visualização de cardumes de peixes. Num determinado período do dia apresenta cor dourada, pelo reflexo do sol, que originou o seu nome.

A Trilha é guiada, tem 400 metros de extensão e grau de dificuldade leve. Não é possível entrar na lagoa, apenas a observação do ambiente e fauna aquática.

Fica a 7,7 km do centro de visitantes e o transporte é feito com o ônibus interno do parque.


Além das atrações naturais há também as atrações de aventura, como tirolesa, arvorismo, cicloturismo, balão estacionário e caminhada noturna.

Você pode ver mais informações sobre estas atrações no site oficial.


O parque abre de quarta à segunda.

O horário de entrada é das 09h às 15h30. Porém, para que seja possível visitar todos os atrativos você precisa chegar no parque até às 13h30.


O parque Vila Velha fica no município de Ponta Grossa, a 23 km do centro da cidade e a 92 km do centro de Curitiba, capital do estado. O acesso é pela rodovia do Café BR-376, duplicada.


7) TORRE PANORÂMICA DE CURITIBA

Em lugar, com 82.912 visitantes, chegamos à Torre Panorâmica de Curitiba, também conhecida como Torre da Oi. A torre é um dos principais mirantes da cidade e oferece uma vista panorâmica espetacular da região.

Inaugurada em 1991, tem uma altura de aproximadamente 109,5 metros e está situada no Parque das Mercês, em uma área elevada, o que proporciona uma vista privilegiada de diversos pontos de Curitiba e arredores.

Os visitantes podem utilizar elevadores para subir à plataforma de observação, que fica a uma altura de 95 metros. De lá, é possível apreciar a beleza da cidade, com seus parques, praças, bosques e construções arquitetônicas notáveis, como o Jardim Botânico, a Ópera de Arame e o Estádio Joaquim Américo Guimarães, popularmente conhecido como Arena da Baixada.

A Torre Panorâmica de Curitiba é uma excelente opção para quem deseja ter uma visão ampla da cidade e tirar fotos deslumbrantes. Além disso, oferece informações sobre os principais pontos turísticos de Curitiba por meio de placas explicativas na plataforma de observação.

A Torre Panorâmica abre de terça à domingo.

O horário de entrada é das 10hs às 19hs.


6) MUSEU OSCAR NIEMEYER

Em lugar, com 358.970 visitantes, o Museu Oscar Niemeyer (MON), localizado em Curitiba, é uma das principais instituições culturais e artísticas da cidade e do país. O museu é conhecido popularmente como "Museu do Olho" devido ao seu projeto arquitetônico distintivo, que lembra um olho ou uma mão aberta, dependendo do ponto de vista do observador. O design da estrutura é uma obra-prima do renomado arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer, que faleceu em 2012, aos 104 anos.

Inaugurado em 22 de novembro de 2002, o Museu Oscar Niemeyer é dedicado a exibições de arte contemporânea, arquitetura e design. O complexo do museu é composto por duas edificações interligadas: o "Olho" e o "Anexo". O "Olho" abriga a exposição permanente, que inclui um acervo diversificado de obras de arte brasileiras e internacionais, com destaque para pinturas, esculturas, fotografias e instalações.

O "Anexo" é uma estrutura anexa ao prédio principal e é usado para exposições temporárias, permitindo ao museu realizar mostras de artistas contemporâneos e abordar diferentes temas e tendências artísticas.


O MON está situado em um local encantador conhecido como Bosque do Papa, uma área verde e arborizada que oferece um ambiente agradável para os visitantes. A proximidade com outros pontos turísticos de Curitiba, como o Jardim Botânico e o Parque Tanguá, torna o passeio pela região ainda mais atrativo.

Além das exposições, o museu também oferece atividades educativas e culturais, como palestras, oficinas e eventos especiais, tornando-se um centro dinâmico de difusão artística e cultural para a comunidade local e os visitantes.

O Museu Oscar Niemeyer é uma visita imperdível para os amantes da arte, arquitetura e cultura contemporânea, proporcionando uma experiência única e enriquecedora em Curitiba.

O museu funciona de terça à domingo, de 10h às 18h e os ingressos podem ser adquiridos no local ou através do site oficial, clicando aqui.


5) ITAIPÚ BINACIONAL

Em lugar, com 418.819 visitantes, a usina Itaipu Binacional é uma usina hidrelétrica localizada no rio Paraná, na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. É considerada uma das maiores usinas hidrelétricas do mundo em termos de produção de energia e é uma das principais fontes de eletricidade para ambos os países.

A construção da Usina Hidrelétrica de Itaipu começou na década de 1970, e ela foi inaugurada em 1984. O projeto resultou de um acordo entre o Brasil e o Paraguai, assinado em 1973, com o objetivo de compartilhar os benefícios gerados pela usina.


Itaipu Binacional também se tornou um destino turístico popular. Os visitantes podem fazer passeios guiados pela usina, conhecer suas estruturas e aprender mais sobre a produção de energia limpa. Além disso, existem mirantes que oferecem vistas impressionantes da barragem e do lago formado pelo reservatório.

Os ingressos para a visitação podem ser adquiridos pelo site oficial, clicando aqui.


4) MARCO DAS TRÊS FRONTEIRAS

Em lugar, com 421.559 visitantes, este é o local onde as fronteiras de três países se encontram: Brasil, Argentina e Paraguai. Esse local é conhecido por sua importância histórica e turística na região.

O Marco das Três Fronteiras está localizado próximo à cidade brasileira de Foz do Iguaçu, no estado do Paraná, na fronteira com o Paraguai e a Argentina. A sua localização exata é onde os rios Iguaçu e Paraná se encontram, marcando o limite territorial entre os três países.

O lado brasileiro do Marco é administrado pelo município de Foz do Iguaçu e é um ponto turístico popular. Ele oferece vistas panorâmicas dos rios Iguaçu e Paraná e é conhecido por sua bela paisagem.

O lado argentino do Marco é chamado de "Marco de la Triple Frontera" e está situado próximo à cidade de Puerto Iguazú, na província de Misiones. Também é um local turístico com vistas deslumbrantes da confluência dos rios e uma variedade de atividades para os visitantes.

O lado paraguaio é conhecido como "Marco de Tres Fronteras" e está localizado próximo à cidade de Ciudad del Este. Similarmente, é um ponto turístico que atrai visitantes pela paisagem cênica e pelas atividades culturais disponíveis.

O Marco das Três Fronteiras tem um significado simbólico importante para os três países, representando sua proximidade geográfica e histórica. Além do valor turístico, é um local onde eventos oficiais e comemorações bilaterais e trilaterais podem ocorrer entre as nações envolvidas.


3) LINHA TURISMO DE CURITIBA

Abrindo o pódium, em lugar, com 656.554 visitantes, a Linha Turismo de Curitiba é uma das principais atrações turísticas da cidade, oferecendo aos visitantes a oportunidade de explorar diversos pontos turísticos e culturais de forma prática e conveniente. Trata-se de um sistema de transporte turístico em forma de ônibus de dois andares, com teto aberto no segundo andar, que circula por um roteiro pré-estabelecido pelos principais atrativos de Curitiba.


O trajeto da Linha Turismo abrange cerca de 44 km e passa por aproximadamente 25 pontos de interesse turístico da cidade. Entre os locais visitados estão o Jardim Botânico, o Museu Oscar Niemeyer (MON), o Parque Tanguá, o Parque Barigui, a Ópera de Arame, entre outros. O ônibus faz paradas estratégicas em cada um desses pontos, permitindo que os passageiros desçam, explorem a área e depois embarquem novamente no próximo ônibus disponível.


O bilhete de acesso à Linha Turismo é válido por um dia inteiro, permitindo que os turistas embarquem e desembarquem quantas vezes desejarem durante esse período. Isso oferece muita flexibilidade para conhecer os locais com calma e aproveitar melhor cada parada.


Durante o percurso, o ônibus oferece guias de áudio em diferentes idiomas, fornecendo informações sobre os pontos turísticos, a história da cidade e curiosidades sobre cada local visitado.


A Linha Turismo tem uma frequência regular ao longo do dia, com intervalos de aproximadamente 30 minutos entre os ônibus. O serviço opera diariamente, incluindo fins de semana e feriados.


Os ingressos para a Linha Turismo podem ser adquiridos diretamente no ônibus ou em pontos de venda específicos da cidade. Há tarifas diferenciadas para moradores de Curitiba e turistas, e também existem opções de ingressos com desconto para estudantes e idosos.


A Linha Turismo de Curitiba é uma maneira prática e acessível de explorar os principais pontos turísticos da cidade, permitindo que os visitantes conheçam e desfrutem das atrações culturais e naturais da capital paranaense de forma organizada e confortável.


2) PARQUE DAS AVES

Em lugar, com 693.833 visitantes, O Parque das Aves é uma atração turística localizada na cidade de Foz do Iguaçu. Ele é um dos principais destinos da região e é amplamente conhecido por abrigar uma grande variedade de aves exóticas, nativas e raras, além de outras espécies da fauna da região.


O principal objetivo do Parque das Aves é a conservação e reabilitação de aves. O parque tem um papel fundamental na proteção desses animais, muitos dos quais são resgatados de tráfico ilegal, cativeiros ou situações de maus-tratos. O parque trabalha em parceria com órgãos de fiscalização ambiental para receber e cuidar dessas aves, com a intenção de eventualmente reintroduzi-las na natureza.


O parque abriga centenas de aves de diferentes espécies, totalizando mais de 1.400 aves, muitas delas provenientes de diversas regiões do mundo. Entre as aves presentes, é possível encontrar tucanos, araras, flamingos, corujas, papagaios, entre outros. Os visitantes têm a oportunidade de ver essas aves de perto, algumas delas podendo ser alimentadas e interagir em ambientes que reproduzem seus habitats naturais.


O Parque das Aves oferece uma experiência de imersão na natureza, com trilhas bem cuidadas que percorrem os viveiros das aves. Há também uma grande passarela suspensa, chamada de "Vivência", que permite aos visitantes caminhar em meio à vegetação e, ao mesmo tempo, estar em proximidade com várias aves voando livremente.


O parque desempenha um papel importante na educação ambiental, buscando conscientizar os visitantes sobre a importância da conservação das aves e dos ecossistemas. Oferece informações sobre os riscos enfrentados pelas aves devido à degradação ambiental, caça ilegal e outras ameaças, bem como sobre as medidas que podem ser tomadas para preservar essas espécies.

O Parque das Aves é uma experiência única e encantadora para os amantes da natureza e para quem deseja conhecer a biodiversidade brasileira e mundial de perto. Além disso, ele complementa a visita às famosas Cataratas do Iguaçu, sendo uma atração imperdível para quem está na região de Foz do Iguaçu.


1) PARQUE NACIONAL DO IGUAÇÚ

E fechando a lista com chave de ouro em lugar, com esmagadores 1.434.308 visitantes, o Parque Nacional do Iguaçu, localizdo na cidade de Foz do Iguaçú, é uma área protegida e uma das atrações naturais mais famosas do país. O parque é reconhecido por abrigar as impressionantes Cataratas do Iguaçu, que são um conjunto de quedas d'água espetaculares, consideradas uma das Novas Sete Maravilhas da Natureza.


As Cataratas do Iguaçu são compostas por mais de 270 quedas d'água que se estendem ao longo de aproximadamente 2,7 km do rio Iguaçu. A maior e mais famosa delas é a "Garganta do Diabo", uma queda com cerca de 80 metros de altura. O espetáculo das águas em cascata é de tirar o fôlego e atrai milhões de visitantes todos os anos.


O Parque Nacional do Iguaçu é um importante refúgio de biodiversidade, abrigando uma grande variedade de espécies de fauna e flora. O ecossistema da região é rico e inclui animais como jaguares, onças-pintadas, pumas, além de diversas espécies de aves, borboletas e plantas.


O parque tem um papel fundamental na conservação do ecossistema das Cataratas do Iguaçu. Ele é considerado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO e é gerido pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão do governo brasileiro responsável pela preservação das áreas naturais.


O Parque Nacional do Iguaçu oferece uma excelente infraestrutura para receber os turistas. Existem trilhas bem cuidadas e passarelas que permitem aos visitantes explorar diferentes ângulos das cataratas, inclusive chegando bem próximo da Garganta do Diabo. Além disso, há mirantes, restaurantes, lojas de souvenirs e outras comodidades para os visitantes.


Além de observar as cataratas de terra firme, os visitantes podem optar por fazer passeios de barco que levam até próximo das quedas d'água, proporcionando uma experiência emocionante e refrescante. Há também passeios ecológicos pela mata, atividades de aventura, como rafting e rapel, e até mesmo passeios de helicóptero para uma visão aérea das cataratas.


As Cataratas do Iguaçu e o Parque Nacional do Iguaçu são um verdadeiro espetáculo da natureza e uma visita imperdível para os amantes da beleza natural e da conservação ambiental. A área é uma joia brasileira e um tesouro mundial, atraindo turistas do mundo inteiro para testemunhar essa maravilha natural.

O Parquer Nacional do Iguaçú fica à 17Km do centro de Foz do Iguaçú e à 5Km do aeroporto internacional de Foz.

Os ingressos podem ser adquiridos diretamente na portaria do parque.

Para ter uma experiência inesquecível, agende um passeio pela Get Your Guide clicando aqui.


Visite o Paraná e se encante com as belezas do estado!

Para mais informações e demais locais turísticos, visite o site oficial da secretaria de turismo do estado: https://www.viajeparana.com/


E aí? Curtiu mais estas dicas do blog? Deu vontade de conhecer o Paraná?

Se tiver alguma dúvida, comente aqui para que possamos te ajudar!


Aproveita e segue a gente lá no Instagram! Ah, e se inscreve em nosso canal do Youtube também! ;-)


Quer que falemos de alguma cidade ou estado em específico? Fala pra gente! Até a próxima e valeeuuuu!!!

22 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page